domingo, 13 de fevereiro de 2011

Marx morreu, Engels também e mesmo eu já não me sinto muito bem

A oito semanas da próxima maratona mantém-se o religioso incumprimento do plano de treinos, com a tendência dramática espelhada no gráfico abaixo (em que temos em ordenada os quilómetros e em abcissa as horas) referente às últimas quatro semanas.


É nesta alturas que expressões tão profundas como “dedica-te à pesca”, “devagar se vai ao monge” ou mesmo “o hábito faz o longe” parecem fazer todo o sentido.

7 comentários:

Carlos Castro disse...

Ora... não há que dramatizar! É só virar o gráfico (invertendo as semanas) e lá temos um plano perfeito, em degraus, como manda a lei da evolução...
O meu amigo é que se enganou e está a descer os degraus!
Vá lá! toca a inverter!

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Oh João, você já parece uma lisboeta que eu conheço, sempre a queixar-se, sempre a faltar aos treinos, mais conversa que corrida (eu mesma, para o caso de não ter percebido :)

Vamos lá, Coragem e Animo que 8 semanas ainda é um tempinho jeitoso!

Um beijinho de Lisboa

Novais disse...

Como diz o Carlos há que inverter o gráfico,aparece mais vezes ás quintas que é dia de treino mais longo.

João Paulo Meixedo disse...

He he, inverter o gráfico é boa ideia.
De qualquer das formas, calma pessoal que a situação não é dramática; se não tenho treinado é porque tenho andado a fazer outras coisas melhores ou, em alternativa, é porque tenho emprego, o que nos dias de hoje vai sendo uma raridade.
Um tipo é que nunca está satisfeito com o que tem. Na verdade, não tenho nenhuma lesão de momento, o que já é muuuuuuito bom. Há mais de um ano que não sabia o que isso era.
Um abraço a todos.

Carlos Lopes disse...

parecias eu

Erwin Rudolf J. A. Schrodinger disse...

Deixando a profundidade de lado, os ideais destes senhores continuam vivos, os ciclóstomos é que estão
em risco de extinção.
E coitado do monge!
Tenho a certeza que melhores tempos hão de vir.

Anónimo disse...

o quadro fez me lembrar as aulas de matemática, eu sei o que tas a fazer ja entraste na fase de aliviar os treinos para a maratona em abril - tens mesmo de escrever um livro

abraço amigo

paulo martins